segunda-feira, 31 de outubro de 2016

O GOLPE DE MISERICÓRDIA CONTRA O PT DE LULA E DILMA






Lula da "Çilva": O grande fanfarrão e saqueador da Nação Brasileira




Em meados do ano de 2013, eu profetizava em minhas crônicas, que chegaria o dia em que os petistas seriam escorraçados do poder e perseguidos como cães hidrófobos nas cidades de todo o Brasil. Muitos fizeram pouco caso das minhas previsões futurísticas. Agora, todos estão vendo a minha profecia se tornar realidade em todas as capitais do País, com apenas uma exceção, Macapá.

O PT está sendo extinto pela força do voto de eleitores conscientes sobre a intenção malévola dessa quadrilha de bandidos ordinários capitaneados por Lula da “Çilva”, fundador e seguidor do Foro de São Paulo.

Esse meliante já está sendo processado em três ações judiciais a cargo do juiz federal Sergio Moro, personagem por ele odiado a ponto de ter sugerido, certa vez, que deveria ser morto. Deu até o apelido de seu executor na ocasião. Sabe-se que, pelo menos mais cinco ações judiciais enquadrarão o chefão de todos os saqueadores do erário federal.Pois bem, de nada adiantaram suas maledicências. O Partido dos Trabalhadores – que nada tem de trabalhadores – está em seus últimos estertores! Só falta agora passar a régua nos seus líderes mais exponenciais colocando-os todos atrás das grades.

As eleições municipais desse domingo 30 de outubro de 2016, deram uma demonstração clara de como os brasileiros estão insatisfeitos com a política rasteira dessa corja de marginais da estrela vermelha. Das sete capitais que ficaram para o segundo turno, nenhuma foi ganha pelo PT, muito pelo contrário, a derrota foi tão acachapante quanto humilhante para essa arrogante facção criminosa. A partir de agora, essas ratazanas vão pensar muitas vezes antes de se candidatarem, pois sua derrota se repetirá tantas vezes quantas forem tentadas.

O PSDB se fortaleceu muito, porquanto a ignorância política dos eleitores brasileiros ainda é muito grande. Essa agremiação política foi a responsável direta pelo agigantamento do PT, depois do Mensalão. Foi uma figura de expressão do PSDB, o cacique Fernando Henrique Cardoso, quem evitou, com apenas um telefonema, a cassação de Lula da “Çilva”, quando essa articulação criminosa foi descoberta em 2005. Se FHC não tivesse intervido e evitado assim a cassação de Lula, o saqueio no BNDES e a destruição da Petrobras não teriam acontecido, pois a cabeça da jararaca teria sido cortada em definitivo. Isso teria evitado a quase derrocada econômica do Brasil, provocada pelos desgovernos dessa quadrilha miserável.
O socorrista de Lula em 2005 e responsável maior por todos os crimes praticados con4ra o Brasil, por Lula e Dilma, depois do Mensalão
.

Em 2007 - muitos não se lembram disso, o PSDB de Fernando Henrique, se aliou com o PT de Lula em mais de mil (1000) municípios Brasil a fora nas eleições municipais daquele ano. Agora, perigosamente, o PSDB é quem dá as cartas na política brasileira. Resurge fortalecido pelas urnas, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que, além de ter elegido o prefeito da capital paulista, fez mais alguns pelo Brasil a fora. Com certeza, ele será o candidato natural à presidência da república em 2018, já que Aécio Neves se mostrou um azarão incompetente carregando nas costas todas as derrotas que sofreu ao longo dos últimos anos.
Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, O grande vencedor das íltimas eleições.


Dos males o menor! Pior seria se continuássemos com a súcia que vinha destroçando o País em todos os seus seguimentos, em especial na educação, onde eles sabotaram o currículo escolar transformando tudo numa desordem incomensurável. Não existe um só setor da República onde esses agentes do mal não tenham atuado, de modo a destruir ou desorganizar tudo em seu proveito. Sempre seguindo os ensinamentos de Granschi e Lênin, esses cupins nojentos conseguiram desorganizar o que puderam, no intuito criminoso de dominar tudo e todos pela fragilidade imposta. Felizmente, o povo brasileiro unido fez a corja de marginais bater em retirada com o rabo entre as pernas. A arrogância e a petulância de Luiz Inácio da Silva, vulgo Lula, não se verá tão cedo uma vez que ele ficou sem condições de vociferar com a sua arrogância costumeira, uma vez que não dispõe mais de cargos públicos para manobrar como queria. Suas asas foram coradas, só falta agora cortar em definitivo a sua liberdade e deixa-lo mofando no xilindró, que a é sua morada mais adequada para os próximos 30 anos.

As investigações sobre os empréstimos de grande vulto concedidos a ditadores africanos e latino-americanos sem nenhuma garantia real. As facilidades com que Lula e Dilma concederam os “empréstimos” sob sigilo de estado, serão a pá de cal virgem que os procuradores e o juiz federal Sérgio Moro jogarão sobre a dupla de facínoras que presidiram o Brasil, criminosamente por mais de 13 anos.

Quem viver, verá!